1 de abr de 2014

Aos meus amigos do facebook

Olá internet! Como vamos?

Voltei e depois de algumas mentirinhas e reflexões resolvi falar sobre algo que me cerca o tempo a quantidade de repetições existentes na minha time line.

 Existe uma regra geral onde as pessoas escrevem qualquer coisa idiota ou engraçadinha para 'mitar', acho que isso se popularizou com o fatos desconhecidos, ou alguma outra página do gênero. Paciência. Existe outra regra geral que é a de que todo mundo faz o favor de postar sobre as mesmas coisas o tempo todo e se torna inclusive chato isso.

Acredito que não estar inspirado é comum, ser chato e sem noção é o problema. Admito que tem dias que eu faço alguns posts bem meia boca porque falta ideias sobre o que falar ou como falar. E que em outros juro não ter a minima paciência nem para ligar o computador, porém o celular insiste em tocar e lá está a mais nova atualização de algum amigo meu.  Ninguém é obrigado a estar 100% do tempo cheio de palavras para por pra fora, mas também não significa que você seja obrigado a falar de qualquer merda o tempo todo só para se manter na rede.

Eu poderia agora começar um apelo por mais conteúdo de qualidade, coisa legal de ver ou ler, mas desconfio que o que faz sucesso são as coisas bobas e que nesse sentido terei que aguentar por muito tempo compartilhamentos de fotos, vídeos, campanhas, hashtags e muitas outras coisas que viram moda ... depois elas se vão, e outras vem e por ai vai.

Redes sociais supostamente foram criadas para falar para pessoas que importam como vai a sua vida, não para mandar beijinho no ombro para as inimigas e muito menos para ficar compartilhando aquela frase sobre recalque o dia todo. Não me interesso se sua popularidade está em baixa, se você tem tanta gente querendo te matar que sua ultima solução foi provocá-las no Facebook. Pouco me interessa se todos os seus dias tem sido perfeitos, inclusive porque sei que isso é mentira, ninguém é feliz o tempo todo, normalmente é até mais fácil encontrar gente que vive infeliz.

Afinal compartilhar coisas sem nexo algum só pelo fato de serem bobas e fazer rir não demonstra mais do que o tédio que é viver. Não lembro onde ouvi essa frase e nem se estou citando ela corretamente, mas alguém me disse que quando rimos muito de coisas idiotas é porque estamos tristes.

Então caro amigo do Facebook vai viver, sai um pouco desse computador e vai procurar algo de diferente para fazer e dai quando você tiver algo da hora para contar, ou mesmo que seja triste, me conte, serei todos ouvidos, ou melhor time line, mas por favor, chega de compartilhar sobre as ilhas mais assustadoras do mundo. Obrigada.



Nenhum comentário:

Postar um comentário