11 de mar de 2014

Seu amor meu amor.

Sabe quando o sorriso de alguém te lembra que não importa o quão ruim a vida esteja há sempre algo de bom nela? Pois é, esse texto é para falar sobre esses pequenos flocos de algodão doce que em meio ao mundo preto e branco existem para deixar tudo com um ar mais divertido.

Lembro-me da primeira vez que te vi me esperando no portão, o sorriso tímido, as brincadeiras bobas, e essas pequenas coisas que tanto aquecem meu coração foram tornando-se aos poucos partes do cotidiano e acredite isso não é ruim.

Aos poucos esse cotidiano deixou de ser meu para ser nosso, para me tornar uma pessoa melhor, me fazer evoluir e nem se quer percebi essas mudanças acontecendo. De criança a mulher, você me viu em todas as fases e me amou em todas elas, e disso nunca poderei duvidar.

O amor é algo lindo, puro, calmo, e ao seu lado ele se torna todo dia um pouco mais real na minha vida e, apesar de todas as minhas esquisitices, me sinto quase normal por te ter.

Me faço de sorrisos e lágrimas, na boca doces provocações e também uma timidez infantil, somente você me torna sexy e meiga ao mesmo tempo e somente pelos seus olhos sinto-me tocada na alma e amada profundamente.

Seus beijos, uma parte viva no meu submundo sombrio, sua voz, meu guia em meio a tempos difíceis, seu sorriso, um objetivo de vida, seus braços, meu lar. Seu amor meu amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário